Primal

Esta técnica permite ao participante contatar sua “dor primeira”, ou seja, aquela sobre a qual crescem suas neuroses. Geralmente essa dor não é consciente e, por isso, persiste permanentemente em todos nós, seja qual for nossa forma individual de sofrimento, distorcendo nosso comportamento.

Ao longo da vida, a tensão neurótica vai se fortalecendo em camadas de mecanismos de defesa que, se por um lado aparentemente permitem à pessoa uma melhor atuação social, internamente aumentam a tensão, gerando as enfermidades dos sentimentos.

A Terapia Primal possibilita a desmontagem dos sistemas de defesa e das neuroses, construídos para fortalecer o ego, protegendo-o do medo infantil.

Além de aliviar os sintomas causados por essa tensão interna, o Primal proporciona ao participante a percepção de suas motivações mais profundas, permitindo-lhe despertar para uma vida descontraída, capacitando-o a encarar seus problemas de forma mais realista e equilibrada.